Atos Impunes
BROHD1100010 - REGINALDO MARTINS / BIOFACE

Um pesadelo inconsciente,
Torturado por uma mente,
Afetada por insultos,
Contra todos e o mundo.
Um pesadelo inconsciente, quesente.
Torturado por uma mente, uma mente,
Afetada por insultos, insultos,
Contra todos e o mundo, o mundo.
Despertando com a vida, a vida,
Impedido de sonhar e acreditar,
Repudiado com injustiça,
Lutando para se libertar.
Coisas simples são mais difíceis quando não se faz por querer.
As razões ficam tão medíocres quando mente...
....para ter o que quiser.
A integridade se torna frágil quando se perde a atitude,
A honra que ainda existe, desaparece e não volta mais.
Mentiras, atos impunes, injustiça comprada com dinheiro,
Mentiras, atos impunes, injustiça comprada com dinheiro.
Não tem nenhum amigo,
Quando tinha não dava valor.
Na depressão esta sozinho,
Amargando a solidão e dor.
A integridade se torna frágil quando perde a atitude,
A honra que ainda existe desaparece e não volta mais.
Mentiras, atos impunes, injustiça comprada com dinheiro,
Mentiras, atos impunes, injustiça comprada com dinheiro.
Pensamento vazio no escuro com desespero,
Preso sem fuga, sem destino, sem justiça,
Pupilas dilatam e choram se tremendo,
Reza suando frio, sem saída, sem ninguém.
Na luta persiste com verdade sem valor,
Sociedade fecha os olhos para a imprudência,
Fecham-se as portas para um recomeço,
Desiludido rouba e mata sem rancor.


Copyright © Bioface. Todos os direitos reservados.